• Sabrina

Como ela fez o hotel produzir menos lixo nas suas viagens

Atualizado: Mar 18

Ninguém menos que Kelley Louise, a diretora executiva da Impact Travel Alliance (da qual eu também faço parte), perguntou à recepção do hotel se era possível trocar a garrafa plástica de água que estava em seu quarto por uma opção mais sustentável. Ela foi surpreendida pela oferta de garrafas de vidro e informada sobre um ponto de abastecimento de água potável dentro do hotel.



Não parece grande coisa, mas o fato é relatado como uma surpreendente experiência, que pode facilmente se transformar na nossa rotina também.


Esse texto é uma análise sobre práticas para uma viagem sustentável a partir do texto de Matt Villano no CNN travel: How you can get hotels to use less plastic.


A mudança em direção ao turismo sustentável está acontecendo de dois lados:

1. Na postura dos hotéis

2. Na postura do hóspede


1. Sobre o papel dos hotéis


Com o crescimento do turismo e do seu impacto na economia e no meio ambiente, organizações como a World Travel & Tourism Council tem investido pesado em certificações de estabelecimentos sustentáveis.


Veja o exemplo do documento The Hospitality Edition publicado pela The Oceanic Global: As orientações são que os hotéis adotem a política “Apenas Por Solicitação” na hora de oferecer produtos com plástico descartáveis.


O interessante é que o turismo é um dos setores que mais tem investido na redução de emissão de gases estufa, de acordo com o Sustainable Tourism Index. Certamente você já reparou que a maioria dos hotéis deixou de trocar diariamente lençóis e toalhas. Até a substituição das chaves de plástico já está acontecendo.


Então não temos mais a desculpa de que é muito difícil ir contra o sistema. Saiba que o sistema já está se preparando para a mudança, e precisa que nós consumidores, clientes e hóspedes aceitemos participar dela.


2. O papel do hóspede


Enquanto a gente fica meio receoso em querer praticar hábitos com menos desperdício, é perceptível que o ramo do turismo já está se acostumando com a postura mais sustentável dos hóspedes e mais do que adaptado para atender. Basta pedir!


Você não precisa ser um ativista/vegano/zero waste pra ajudar na transformação. Eu tenho testado algumas estratégias nas minhas viagens, e aqui vão algumas sugestões bem simples para implementar esse comportamento sem perder o glamour:


Claro, planeje-se


Em diversos posts apresentamos sugestões para te ajudar a se preparar para uma viagem com menos lixo. Ter um kit de higiene pessoal consigo, um kit para alimentação lixo zero, se organizar na alimentação para evitar atacar o frigobar, ou recorrer ao delivery ou take-away levando um monte de embalagens consigo.


Enquanto ainda estou montando o meu kit de alimentação lixo zero, evitando ao máximo comprar coisas, sugiro você dar uma olhadinha no da Cristal Muniz aqui.


Uma coisa importante para destacar sobre a modinha dos kits lixo zero é: a ideia não é descartar o que a gente já tem pra comprar outro, só porque tem lojinhas vendendo. Descartar-e-comprar é tudo o estamos desaconselhando nesse projeto.


Seja chique


Isso mesmo, seja uma pessoa sofisticada, elegante, tenha uma postura de estrela de cinema: fina, bem informada e extremamente bem educada. A sua segurança, simpatia, bons modos e sofisticação vão fazer a diferença no atendimento e na disposição dos funcionários.


E é importante pensar que mesmo que o hotel ou restaurante em questão não tenha as opções que você pediu, com essa prática você está sinalizando uma demanda à qual eles precisam se adaptar. Eu não indico a reação de levantar e ir embora do restaurante ou protestar no saguão do hotel, ou ainda ser gross@ com o funcionário no telefone. Sim, a questão é urgente, mas em vez do ativismo agressivo, muitas vezes a simpatia e a paciência dão mais resultado e conquistam mais adeptos.


Converse e se informe

Quanto fizer o check in, pergunte sobre a postura do hotel a respeito dos plásticos, diga que dispensa trocas diárias de lençóis e toalhas, plásticos e aqueles produtinhos de higiene. Eles JAMAIS vão te tratar mal. Eles vão querer te agradar em TUDO, e essa é a única forma de eles saberem como melhorar a sua experiência.


Também indico a leitura deste texto da Cristal no blog Uma vida sem lixo, um conteúdo que eu devoro frequentemente. Ela colocou tudo isso em prática e relatou a reação das pessoas, até dentro do avião.


Eu vou colocar todas essas orientações em prática na minha próxima viagem e lembrar de gravar. Me acompanhe no instagram!



O que você achou do texto? Tem algo a acrescentar?

Se você tiver qualquer dúvida, opinião ou sugestão, sem email será muito bem-vindo. Adoramos o feedback de leitores para direcionar a produção de conteúdo útil e interessante!

Um abraço!

10 visualizações
  • Preto Ícone Facebook
  • Preto Ícone Twitter
  • Preto Ícone Pinterest
  • Preto Ícone LinkedIn
  • Preto Ícone Instagram

©2020 por pegada na terra